sexta-feira, 24 de agosto de 2012

T3 - E1: Tríades

  • Tríades são acordes de três sons.
  • São formadas pela sobreposição de duas terças.
  • No caso de acordes maiores, uma terça maior e outra menor menor, de baixo para cima.
  • No caso de acordes menores, uma terça menor e outra maior.
  • Outra forma de ver a coisa é pensar que uma tríade maior é formada pela tônica (que dá nome ao acorde), mais a sua terça (maior ou menor) e a sua quinta justa.
  • Na questão 01 abaixo, por exemplo, temos a tríade de Dó Maior no primeiro acorde demonstrado – dó + mi (terça maior do dó) + sol (terça menor do mi e quinta justa de dó).
  • Outros tipos de tríade são ainda possíveis além das maiores e menores (checar tríades diminutas e aumentadas).
Para estudar:
  1. http://www.youtube.com/watch?v=GadkL8Pd5cg (ótimo material do http://tutoriaisemmusica.wordpress.com
  2. Livro Teoria da Música (Bohumil Med, 4ª ed.)
    • Escala maior (p. 100)
      Intervalos (pp. 60–74)
      Inversão de intervalos (pp. 78–81)
      Acordes (p. 172, na 3ª ed.)




T1 - E1: Pentagrama / claves / leitura em clave de sol


  • O pentagrama é o conjunto de cinco linhas e quatro espaços onde se escreve música com notação tradicional. 
  • A clave de sol designa que a segunda linha do pentagrama (de baixo para cima) é a nota sol. Lembrando da ordem das sete notas musicais na escala (dó - ré - mi - fá - sol - lá - si), a posição das outras notas no pentagrama fica fácil de deduzir.
 Para estudar:
  1. http://www.youtube.com/watch?v=PHgWogsL_es
  2. Páginas de 11 a 19 do livro Teoria da Música (Bohumil Med, 4ª ed.)
    • Características da música e do som (pp. 11 e 12)
      Notas, Pauta (pp. 13–15)
      Clave de SOl, Clave de Fá na quarta linha (pp. 16–19)


T2 - E1: escala maior / tonalidade: graus da escala

  • Uma escala é um conjunto de notas com propriedades específicas.
  • A escala maior é um tipo de escala com sete notas que obedece a seguinte fórmula de tons e semitons para a sua formação, a partir da tônica (primeira nota da escala, que se repete uma oitava acima, ao seu final): tom - tom - semitom - tom - tom - tom - semitom
  • Toda escala maior é formada por sete nomes de nota diferentes (cada nota, um grau diferente).
  • Toda escala maior utiliza apenas um tipo de alteração (ou é tudo bemol ou é tudo sustenido; não há mistura).
  • A tonalidade de uma música é indicada, principalmente, pela escala utilizada para construir tal música.
  • Assim, uma música na tonalidade de Fá Maior, utiliza basicamente a escala maior de Fá para construir as suas melodias e harmonias. 
 Para estudar:























  1. http://www.youtube.com/watch?v=nL5ecTTK4KE 
  2. Livro Teoria da Música (Bohumil Med, 4ª ed.)
    • Escalas Maiores (p. 100)
      Semitom , Tom, Alterações (p. 30)

(não esqueça ainda de consultar sempre a apostila da teoria do curso de extensão da UFBA)



T4 - E1: escala geral e abreviaturas

    • A escala geral identifica a oitava de cada nota, além da própria altura.
    • Para tanto, é fundamental conhecer o dó central: 1ª linha suplementar inferior da clave de sol e primeira linha suplementar superior da clave de fá. 
    • Este é o dó central (tanto numa clave quanto em outra – estão a mesma nota na mesma oitava).
    • Existem dois tipos de nomenclatura de oitava para a escala geral: uma que considera o dó central como sendo o dó 3 e outra como sendo o dó 4.
    • obs.: resolva a questão 01 abaixo considerando o dó central como sendo o dó 3. Também se pode utilizar linhas de oitava ou mudanças de clave (escrever a nota na clave de fá ou dó), para responder a questão 01.  

 Para estudar:

  1. Livro Teoria da Música (Bohumil Med, 4ª ed.)
    • Intervalos e inversão (pp. 60–74) (pp. 78–81)
      Escala Maior (p. 100), Escala menor (p. 133)
      Acordes (p. 172, na 3ª ed.)
  2. Capítulo do livro "Curso completo de teoria musical e solfejo"